You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.

Carregando...

DIG PRENDE JOVEM QUE MATOU VETERINÁRIO

A DIG (Delegacia de Investigações Gerais) prendeu na manhã dessa terç-feira (25), o ultimo dos envolvidos na morte do veterinário Ferando Antonio de Assis Trivellato, 55 anos. Clayton Araujo, 20 anos, foi quem disparou os tiros que matou a vítima. Ele foi conduzido para a delegacia da DIG onde os delegados Marcelo Curi e Paulo Antonio Natal os interrogará.


ONTEM


Dois adolescentes, de 16 e 17 anos, confessaram, em depoimento na DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Araçatuba, nesta segunda-feira (24), participação na tentativa de assalto que resultou no assassinato do veterinário Fernando Antônio de Assis Trivellato, 55, ocorrido na tarde da última quarta-feira (19). Os dois menores foram apreendidos por determinação da Justiça Estadual e levados para a cadeia de Penápolis por volta das 20h. Durante as declarações, os adolescentes apontaram a participação de um terceiro envolvido, de 20 anos, que está sendo procurado. O rapaz registra antecedente criminal por assalto em residência. A Polícia Civil tenta localizá-lo. Com a apreensão dos dois adolescentes nesta segunda-feira e a identificação do terceiro envolvido, a polícia trata o caso como esclarecido. “Capturar esse terceiro envolvido é questão de tempo”, disse o delegado seccional de Araçatuba, Nelson Barbosa Filho. De acordo com o delegado, os adolescentes admitiram que o plano era mesmo assaltar o veterinário. Fernando estava saindo de casa, na rua Osvaldo de Andrade, bairro Icaray, momento em que foi abordado. Os menores disseram que o rapaz de 20 anos estava com a arma, um revólver calibre 38, e que ele foi o autor dos dois disparos que mataram Fernando Trivellato. Os adolescentes contaram que no momento da abordagem a vítima falava ao telefone celular. Eles alegaram não saber o motivo que levou o acusado a atirar na vítima. Um dos menores apreendidos chegou a dizer na delegacia que até se surpreendeu com os disparos efetuados pelo colega. “Isso não estava nos planos”, comentou. Os adolescentes admitiram que fugiram do local, após a vítima ter sido baleada, no Golf prata apreendido pela polícia horas depois no bairro Rosele. Alexander Vinicius Miranda, 18 anos, preso na semana passada por participação em um assalto, não teria envolvimento na morte do veterinário. Ele vai responder somente pelo roubo. (Ata News).